quarta-feira, 26 de setembro de 2012

A minha opinião sobre o livro "Os Jogos Da Fome-Livro I" de Suzanne Collins


Trilogia "Os Jogos da Fome"
Os Jogos da Fome - Livro I
Considerado o melhor livro de ficção juvenil de 2008 pelo New York Times e pela Publishers Weekly
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 260
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722342391
Coleção: Via Láctea

Sinopse:
"Num futuro pós-apocalíptico, surge das cinzas do que foi a América do Norte Panem, uma nova nação governada por um regime totalitário que a partir da megalópole, Capitol, governa os doze Distritos com mão de ferro. Todos os Distritos estão obrigados a enviar anualmente dois adolescentes para participar nos Jogos da Fome - um espectáculo sangrento de combates mortais cujo lema é «matar ou morrer». No final, apenas um destes jovens escapará com vida... Katniss Everdeen é uma adolescente de dezasseis anos que se oferece para substituir a irmã mais nova nos Jogos, um acto de extrema coragem, um desafio desumano que obrigará a escolher entre a sobrevivência e a solidariedade, a vida e o afecto cada vez maior que por Peeta, seu companheiro de Jogos. Conseguirá Katniss, face a circunstâncias tão avassaladoras,  conservar a sua vida e a sua humanidade? Um enredo surpreendente e personagens inesquecíveis elevam este romance de estreia da trilogia Os Jogos da Fome às mais altas esferas da ficção científica." (retirado da contra-capa do livro)
Minha opinião:


Este livro é primeiro da trilogia “Jogos de Fome” que já foi lançado em filme, o segundo livro é Chamas e o último A Revolta.
Quando comecei esta leitura, que devo referir iniciei umas duas vezes e acabava por guardar sempre o livro, não sei bem porquê. Mas após ter visualizado o trailer fiquei curiosa pela trilogia e ainda bem que assim foi. Esta não é mais uma trilogia a imitar os livros de Harry Potter, ou os livros da saga Luz e Escuridão, esta trilogia trás uma lufada de ar fresco e trata-se de uma trilogia de ficção científica. No final da leitura do primeiro volume, fico rendida não à escrita, que apesar de simples, não tenho nada a salientar, ou talvez tenha, esta escrita permitiu-me que entrasse no distrito 12 e seguidamente na Ceifa, nos Jogos de fome.
A protagonista é do distrito 12, chama-se Katniss Everdeen, é uma jovem de 16 anos de idade, que vive num distrito de pobreza, onde a principal actividade é a extracção do Carvão. É uma jovem que tudo faz pela sua querida irmã Prim e pela sua mãe, tendo tomado o comando da família a partir da morte do Pai nas minas de carvão. Toda esta vivência faz com que Katniss seja uma jovem inteligente, com uma personalidade fria, corajosa, capaz de tudo fazer pela sua família.
Quando na Ceifa (local em que são escolhidos dois membros de sexos opostos, que vão ser enviados para os jogos de fome que ocorrem no Capitol) a rapariga seleccionada é Prim a irmã de Katniss que tem apenas 12 anos, Katniss oferece-se como voluntária para ir no lugar da irmã.
Esta é talvez a primeira de muitas emoções pelas quais vai passar a nossa protagonista, que vai para o Capitol acompanhada pelo tributo masculino que é o filho do padeiro que ela conhece da escola e de ele uma vez lhe ter dado pão às escondidas da mãe, Peeta.
Acho que já revelei muito da história, mas tenho que referir que existem 12 distritos, eram 13 mas passaram para 12, pois o 13 era muito pobre e acabou por se destruir, para Os Jogos de Fome, entram 2 tributos de cada distrito de sexos opostos o que perfaz 24 tributos, lançados num espaço em que no final do jogo só um estará vivo.
Recomendo vivamente a leitura desta trilogia para quem gosta do género para quem não gosta experimentem não se perde nada.
Após a leitura do primeiro volume ainda não sei se vou ler já o segundo ou se leio um intermédio e depois lerei o segundo volume, ainda tenho que reflectir.
Boas leituras!

terça-feira, 25 de setembro de 2012

A escritora _ Suzanne Collins_



"Suzanne Collins nasceu em 10 de agosto de 1962 e é filha de um oficial da Força Aérea americana, vive em Connecticut com o marido e os dois filhos. Recebeu um mestrado em Escrita Dramática pela New York University.Iniciou a carreira em 1991, como escritora de programas infantis. Trabalhou em diversos programas para a Nickelodeon. Também foi a escritora-chefe de série animada Clifford’s Puppy Days, da Scholastic Entertainment. Suzanne recebeu uma nomeação na categoria desenho animado da Writers Guild of America por seu trabalho no aclamado especial de natal Santa, Baby! Depois de conhecer o autor James Proimos, quando ela trabalhava no programa Generation O! da KidsWB, se inspirou para escrever seus próprios livros voltados ao público jovem."(retirado http://www.distrito13.com.br/conteudo/autora/ )



sábado, 15 de setembro de 2012

Selinho

Este selo foi oferecido pela minha já amiga Carolina do blogue "Era uma vez..." ,http://maravilhoso-mundo-dos-livros.blogspot.pt/2012/09/selinho.html , muito obrigada por te lembrares de mim minha querida companheira de leituras.

E como é da praxe:

1- postar o selo e dizer quem me presenteou 
2- Dizer 7 coisas sobre mim
3-Presentear 15 blogs com o mesmo


Bom o primeiro tópico já está...

No segundo ponto é mais complicado, vamos lá ver:
1.Adoro ler;
2.Amo o mar;
3.Gosto de reflectir sobre todos os meus actos principalmente aqueles que envolvem terceiros, pois não gosto de magoar as pessoas;
4-Adoro Cinema;
5-O livro que mais gostei até à data e é o meu livro de eleição que aconselho a todas as pessoas é: "A Saga de um pensador" de Augusto Cury;
6-Gosto de cerejas;
7-Amo os meus livros.


Bom agora aqui vão os 15 blogues (não consegui, sorry) presenteados:







Boas leituras;)

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Não sei em que livro pegar nem em que género ....detesto voltar a sentir isto

Esta imagem tem tudo a ver comigo, mas pelos vistos demoro imenso no mundo do livro anterior.....
Melhores dias virão, espero senão dou em  LOUCAAAAAAAAAAAAAAAAAA ;) Não liguem a destes devaneios mas estou a falar a sério...Com tanto livro em casa não sei qual ler é de loucos...
Beijocas;)
Boas leituras;)

Amei...tem tudo a ver com todos os leitores...

Tumblr_m9s1syhlwa1ry464io1_400_large

Esta é a estante dos meus sonhos...

23b._biblioteca_large

Então que tal...

Tumblr_lynfr2641w1qbyff3o1_500_large

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Minha Opinião sobre o livro "Ulisses" de Maria Alberta Menéres


Ulisses
de Maria Alberta Menéres
ilustrações de Isabel Lobinho
Edição/reimpressão: 2001
Páginas: 70
Editor: Edições Asa
ISBN: 9789724104751
Coleção: Teia e Trama

Sinopse:

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado no programa de português do 6º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada na sala de aula - Grau de Dificuldade I.
Foi Homero, poeta grego, quem contou no seu livro Odisseia as façanhas de Ulisses, rei de Ítaca, adorado por todos os que o conheciam. Muitas e estranhas foram as viagens que fez à volta do mundo de então e de si próprio. A sua fama correu de boca em boca e todos o consideravam como o mais manhoso dos mortais e o mais valente marinheiro. Grande parte da sua vida passou Ulisses navegando de aventura em aventura, por entre Ciclopes e Sereias encantatórias ou tentando libertar-se da misteriosa Feiticeira Circe para regressar à sua fiel Penélope. Diz-se que nesses tempos de antigamente, não houve homem que mais sofresse e mais feliz fosse, do que o espantoso Ulisses.

Minha Opinião:

Esta foi a primeira obra que li de Maria Alberta Menéres e desde já devo referir que é fabulosa a forma como a escritora retrata as aventuras Ulisses. A leitura deste livro surgiu por que um familiar meu vai estuda no 6.º ano. Feitas as apresentações, vou tentar dar a minha singela opinião.
Primeiro aspecto que talvez pudesse ser referido no final, este livro não é um livro qualquer, nem é para um leitor qualquer, este livro é especial, porquê? A resposta é bastante simples, este livro transmite ao longo das suas 70 páginas uma LIÇÃO DE MORAL… mas a lição de moral que eu retiro deste texto pode não ser a mesma que um outro escritor.
Para mim a história de Ulisses também começa logo com uma enorme lição de moral, Ulisses apesar de toda a fama, prefere aquilo que realmente ama, que é a sua família. Isto faz-nos perceber que apesar de tudo o que nos acontece no nosso dia a dia, momentos bons e outros menos bons são possíveis de ultrapassar com a ajuda da nossa família, das pessoas que nos são queridas e que amamos, e que nos respeitam tal como somos.
Ulisses vivia numa ilha Ítaca com a sua mulher e o seu filho, era considerado como o mais manhoso e o melhor marinheiro da sua época. Por um motivo que não vou desvendar, Ulisses tem que ir para o mar com os seus marinheiros. A partir daí a história é muito divertida e engraçada, fez-me sonhar e imaginar se terias as mesmas ideias que Ulisses teve. Teve como quem diz, Ulisses é um ser mitológico criado por Homero, poeta grego, que muito escreveu na sua obra: “Odisseia”, sobre Ulisses.
Ler livros infantis é algo que me agrada pois fazendo sempre pensar se quando era pequenota o que teria eu imaginado ao ler o Ulisses.

Classificação: 6_6 … Magnífico…Um obra prima.

Leiam, vale mesmo apena, agora tenho que ver se encontro na biblioteca da minha terrinha a Odisseia de Homero;)
Boas Leituras!

Maria Alberta Menéres _ A autora_



Maria Alberta Menéres nasceu em 1930, em Vila Nova de Gaia. Tem uma vasta obra poética, estando representada em várias antologias literárias nacionais e estrangeiras. Foi professora dos Ensinos Básico e Secundário nas disciplinas de Língua Portuguesa e História. É autora de inúmeros programas televisivos para crianças, tendo sido Diretora do Departamento de Programas Infantis e Juvenis da RTP de 1974 a 1986. Publicou mais de 69 livros para crianças (contos, poesia, BD, teatro e novela). Em 1986, recebeu o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças "pelo conjunto da sua obra literária e pela manutenção de um alto nível de qualidade".(retirado do site wook)

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Minha Opinião sobre o livro "Abre o teu coração" de James Patterson


Abre o Teu Coração
de James Patterson
Edição/reimpressão: 2004
Páginas: 210
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722332750
Coleção: Grandes Narrativas

Sinopse:
Jennifer vivia imersa na ausência do marido Danny, que morrera há mais de um ano, quando um novo choque vem abalar a sua vida: Sam, a sua avó e melhor amiga, teve uma trombose e está internada, em coma. Mas os acontecimentos inesperados não se ficam por aqui. Sam deixara em sua casa no Lago Genebra, no Wisconsin, uma série de cartas dirigidas a Jennifer, repletas de revelações surpreendentes. E é a partir deste momento que duas histórias de amor se entrecruzam num cenário de dor e perda mas também de força e esperança. Com a beleza serena do Lago Genebra como pano de fundo, a história que Sam conta através das suas cartas mostra a Jennifer que é possível acolher um novo amor, mais intenso do que qualquer outro, mesmo que este esconda um terrível destino… Escrito num estilo despretensioso e estruturado em capítulos breves que já se tornaram na imagem de marca do autor,Abre o Teu Coração é uma obra que apela às emoções e que não se consegue pôr de lado até à última página.

Minha opinião:

Antes de dar a minha opinião sobre esta leitura, gostava de referir que já tinha este livro em casa desde o ano de 2005 e, lamento imenso só ter dado uma oportunidade sete anos após a sua aquisição, pois é um livro maravilhoso, simplesmente lindo. Mais uma vez quero agradecer à Carolina do Blogue "Era uma Vez..." que me chamou atenção para este livro e para o anterior que já li "Diário de Uma Mãe", Carolina muito obrigada.
Este é um livro tipo diário e que o título diz tudo, Abre o teu coração é um livro de perdas e de encontros dos nossos sentimentos.
Jennifer perdeu o amor da sua vida e culpa-se por isso, na sua vida e na sua família só lhe resta Sam, sua maior amiga e confidente e sua avó. Mas Sam tem uma trombose e é internada. Contudo deixa um conjunto de cartas para Jennifer ler, cartas sobre a sua vida, sobre o grande amor da sua vida e que não foi o avô de Jennifer. Em simultâneo Jennifer reencontra Brendan um amigo de infância com quem costumava brincar nas férias de Verão.
Este reencontro faz com que Jennifer abra de novo o seu coração, que estava fechado após a mote do seu marido Danny.Mas mais uma vez Jennifer apaixona-se pelo homem que não vai poder ser dela durante toda a vida, mas nos momentos que é a felicidade de ambos é imortal e maravilhosamente intensa.
Um livro belo que nos acorda os sentimentos mais profundos do ser humano do amor à revolta de nada podermos fazer para ter a pessoa que amamos e nos ama connosco para todo o sempre.

Classificação: 5 de 6

Boas leituras!