sábado, 23 de fevereiro de 2013

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Fabuloso...

(retirado daqui)
Boas leituras...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Vida e livros...

(Retirado daqui )
Para os bibliófilos esta frase aplica-se  na perfeição...
Boas leituras;)

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Mais um final de semana a bater à portinha...


Adorei esta imagem...o cultivo dos cérebros pelos livros...
Beijocas e boas leituras... cultivem o cérebro este final de semana, leiam um livro.
A minha escolha é:"Os segredos dos outros" de Louise Candlish.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Minha opinião sobre o livro_Fernão Capelo Gaivota de Richard Bach_

Fernão Capelo Gaivota
de Richard Bach
Edição/reimpressão: 1997
Páginas: 96
Editor: Europa-América
ISBN: 9789721030039
Coleção: Obras de Richard Bach

Sinopse:
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para os 7º, 8º e 9º anos de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Havia, no Bando, uma gaivota especial, muito diferente das outras. Buscava a perfeição, queria voar sempre mais alto e mais rápido... Mas, para o Bando, isso era uma irresponsabilidade intolerável. A história maravilhosa da única gaivota que sabia que todas as aves são livres, mesmo que não tenham consciência disso...
O livro que deu origem ao belíssimo filme com banda sonora de Neil Diamond.

Minha Opinião:

Tal como o livro anterior de Richard Bach, este é também um livro de reflexão, e eu tenho que admitir que tenho uma enorme dificuldades em passar para o computador o que significou para mim.
A única coisa que posso dizer é que Fernão Capelo Gaivota não era uma gaivota como as outras, não voava só para apanhar alimento, para ele o voou é algo de extraordinário que não pode ser utilizado só para a busca do alimento.

Excerto:

"...tu tens a liberdade de ser tu próprio,
o teu verdadeiro eu. Aqui e agora: nada se pode interpor no teu caminho."

Minha opinião sobre_Não há longe nem distância de Richard Bach_

Não Há Longe Nem Distância
Edição/reimpressão: 1999
Páginas: 48
Editor: Europa-América
ISBN: 9789721031227
Coleção: Obras de Richard Bach

Sinopse:
"Pode a distância separar-te 
dos teus amigos?
Se queres estar junto de alguém que amas, não te parece que já lá estarás?"

..."parte do coração de um beija-flor
para a descoberta de verdades que sempre conheceu...
sobre a amizade, o amor, o amadurecimento e a vida.
Esta viagem de descoberta pode levar-te onde quiseres e conduzir-te para junto de quem desejares.
E as amizades que não dependem do tempo nem do espaço encontrarão aqui uma maravilhosa comunicação."

Minha Opinião:

Este é um livro belíssimo, que nos mostra o valor da amizade, do amor e do afecto que temos pelas pessoas e pelas coisas.
Não tenho muito a dizer sobre ele, pois transmite tantos valores que eu sinto-me incapaz de o descrever. Uma coisa é certa este livro vai acompanhar-me sempre, pois é essencialmente uma lição de vida.

Excertos:
"Poderão os quilómetros
separar-nos dos nossos amigos?
Se queres estar junto de Rae, 
não estarás já lá"

"Aniversário, claro", disse eu.
"Vamos celebrar a hora em que Rae nasceu e antes da qual ela não existia. Que dificuldade há em perceber isso?"
"Uma época anterior à vida de Rae?
Não te parece que a vida de Rae começou antes de o tempo existir?"

"Afastou-se mais um ano da infância?
Não me parece que isso seja crescer!"

"porque me levas a ver Rae, se sabes que na realidade já me encontro junto dela?"

"Porque o mais importante", disse,"é que tu conheças essa verdade. ....
o facto de não ser reconhecida, não faz com que a verdade deixe de ser verdadeira."

"...as únicas coisas que contam são as coisas feitas de verdade e de alegria e não as de metal e de vidro."

"Voa, livre e feliz, para além de aniversários, 
através da eternidade e encontrar-nos-emos
de vez em quando, sempre que quisermos, 
no meio da única festa que nunca poderá terminar."

Classificação:7 de 7 excelente

Boas leituras;)

O escritor_Richard Bach_

Richard Bach
Richard Bach tem como actividade principal a pilotagem de pequenos aviões e planadores. Além do presente livro escreveu muitos outros já traduzidos em português.

"A maior parte das gaivotas não se querem incomodar a aprender mais que os rudimentos do voo, como ir da costa à comida e voltar. Para a maior parte das gaivotas, o que importa não é saber voar, mas comer. Para esta gaivota, no entanto, o importante não é comer mas voar." (Fernão Capelo Gaivota)

"Vê mais longe a gaivota que voa mais alto"(Fernão Capelo Gaivota)

"Pode a distância separar-te dos teus amigos?
Se queres estar junto de alguém que amas, não te parece que já lá estarás?"
(Não há longe nem distância)
Boas leituras!

Minha opinião sobre "A Fada Oriana" de Sophia de Mello Breyner Andresen

A Fada Oriana
de Sophia de Mello Breyner Andresen
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 96
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-72622-3
Idioma: Português

Sinopse:
Plano Nacional de Leitura.
Livro recomendado no Programa de Português do 5.° ano de escolaridade, destinado a leitura orientada na sala de aula - Grau de dificuldade III; integra também a lista de obras das Metas Curriculares de Português para o 5.° ano.

Dizia Sophia que as fadas são seres da natureza. Queria com isto lembrar que elas nascem da nossa capacidade de atribuir vida, vontade e intenções ao mundo da natureza.
Em A Fada Oriana, encontramos o dom da protecção sobre os seres mais frágeis que vivem numa floresta, encontramos as tão humanas oscilações entre a solidariedade, o sentido da responsabilidade e o egoísmo e a vaidade. Encontramos, como é próprio de muitos contos tradicionais e para a infância, as peripécias de uma luta entre o bem e o mal. 

Minha opinião:

"Era uma vez uma fada chamada Oriana. Era bonita e boa. Ela guardava uma floresta que lhe tinha sido entregue pela rainha das fadas. Ela cuidava dos animais, das plantas, dos homens. Mas ela tinha um carinho especial pela velha que vivia sozinha. Ajudava-a a limpar a casa, a fazer o café, a pôr o açúcar e também a ajudava a transportar os paus que ela ia vender á cidade. Ora, um dia Oriana abeirou-se do rio. Apareceu então um peixe que se mostrava muito aflito, fora de água e lhe pediu ajuda. Oriana quando viu a sua imagem reflectida na água reparou na sua beleza. O peixe dia após dia, cultivou na Oriana a vaidade e ela, a pouco e pouco, foi abandonando a floresta. De vez em quando ia visitar a velha mas chegou um dia que também a esqueceu por completo. Quando apareceu a rainha das fadas e viu o abandono da floresta, ficou muito zangada e teve que castigar Oriana. Tirou-lhe as asas e a varinha de condão. Oriana ficou muito triste, chorou mas a rainha não a desculpou. Só lhe disse que lhe daria as asas e a varinha quando ela fizesse algo para as merecer. Passados dias avistou ao longe a velha muito cansada e quase cega que se aproximava de um abismo. Oriana ficou muito aflita. Quando chegou à sua beira a velha estava a cair do abismo. Oriana mesmo sem asas, saltou do abismo e agarrou a velha pelos pés. Nessa altura apareceu a rainha das fadas e devolveu a Oriana as asas e a varinha de condão Então Oriana levantou a sua varinha de condão e tudo ficou encantado. (retirado daqui)"

Um livro que faz parte do Plano nacional de leitura e que é para ser lido dos 8 aos 80.

Gostei muito desta leitura, foi feita muito rapidamente mas não me escapou nada. Já tinha lido no ano de 2012 duas das obras infantis desta escritora, este é o terceiro livro e não me desiludi nada.
Classificação: Excelente 6 de 7.

Boas leituras;)

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Eu e os meus pensamentos ...

ADOREI ESTA IMAGEM, FAZ SENTIR-ME PEQUENINA AO PÉ DA ENORMIDADE DE LIVROS QUE EXISTEM PARA LER...

Características de um bom livro...

Quando um livro tem esta capacidade é muito bom mesmo... Gostei muito desta imagem e retirei faz algum tempo da internet daí que eu não coloque a fonte.
Boas leituras!!

Muito Obrigada Carolina....

O Liebster Award é um selo criado com o intuito de promover e divulgar blogs com menos de 200 seguidores ( participo porque a Carolina do blogue Era uma Vez me convidou). As regras são as seguintes:
- Lista com 11 factos sobre nós;
- Responder às 11 perguntas que nos atribuíram;
- Nomear 11 bloggers com 200 ou menos seguidores, colocar o link dos blogs e avisá-los;
- Fazer 11 novas perguntas para esses mesmos bloggers.

-Lista com 11 factos sobre mim:
1.Adoro ler;
2.Adoro passear ao pé da praia no Inverno;
3.Adoro a minha profissão _ Professora de Biologia e Geologia_;
4.Gosto muito de animais;
5.Adoro Teatro;
6. Gosto muito de cinema;
7. Gosto muito do Alentejo para revigorar as forças;
8. Adoro chocolate;
9. Adoro crianças;
10. Gosto muito de ler em voz alta, parece que entra em mim;
11. Adoro café.


As minhas perguntas para os blogs:
1ª O que te levou a criar o blog?
Quando criei o blogue foi numa de ver o que era isto, de conhecer o mundo dos bloguers. Depois apaixonei-me pois podia escrever no blogue aquilo que eu escrevia em cadernos sobre os livros. 
2ª Lembras-te do primeiro livro que leste? Qual foi?
Sim. O livro dos "Ovos Gigantes".
3ª Qual é o livro da tua vida?
São todos aqueles que gosto, não tenho nenhum em especial. Mas se a questão for qual a saga da minha vida a resposta é bem diferentes, Harry Potter_todos os livros.
4ª Se pudesses transformar-te numa personagem, qual seria? Porquê?
Não tenho nenhuma com a qual eu me identifique.
5ª Qual o teu mundo mágico/tempo histórico preferido? Porquê?
Mundo mágico é o do Harry Potter o tempo histórico é o da Peste negra, fascina-me esta época, gosto também particularmente da época do Rei Artur.
6ª Se tivesses de escolher um super poder qual seria?
Gostava de ter o manto da invisibilidade do Harry Potter. 
7ª Escolhe uma frase de um livro...
Tenho muitas que me marcaram...não consigo escolher uma.
8ª Se escrevesses um livro qual seria o tema?
Não sei, nunca pensei muito nisso, apesar de gostar de fazer uma autobiografia.
9ª Acreditas em...
Magia...
10ª Qual a música que mais te caracteriza?

James Blunt - godbye my lover

11ª Qual a tua profissão de sonho?
Ser médica.

Podem responder todos os blogues que quiserem, as perguntas são:

1- Que idade tinhas quando lês-te o teu primeiro livros?
2- Qual o teu escritor preferido? Porquê?
3-Qual a personagem que gostarias de ser num filme? Que filme é?
4- Porque achas que gostas de ler?
5- Para além da leitura o que mais gostas de fazer?
6- Se tivesses que escolher um livro para ler durante toda a tua vida, qual seria?
7- Gostas mais de escritores lusófonos ou dos escritores americanos?
8- Qual o valor que a leitura tem para ti, para a tua vida? Porquê?
9- Se fosses marcar agora umas férias qual o destino que querias? Porquê?
10- Qual a Saga que mais gostas-te de ler até hoje? Porquê?
11- Gostas de ver filmes dramáticos, fantasia, comédia ou policiais? Porquê?

Boas Leituras;)

Selo literário

Obrigada à Carolina e Ghostreader pelo selinho e por se terem lembrado de mim;)
As regras deste selo são:

1- Indicar um mínimo de dois livros que gostei de ler em 2012 (sem limite máximo);
2- indicar pelo menos três livros que desejo ler em 2013 (sem limite máximo);
3- Indicar o nome e o link de quem ofereceu o selo;
4- Oferecer o selo a mais 10 pessoas para dar sequência a este projecto de incentivo à leitura. Ora então, vamos lá a isto!

1- No mínimo dois livros...adore "Diário de uma mãe" de James Patterson, "Cão como nós de Manuel Alegre"; "O espírito do amor" de Ben Sherwood,  "Diz-me quem eu sou" de Julia Navarro.

2- "Orgulho e Preconceito", "Pássaros Feridos", "Equador, A noite de todas as almas, "As Serviçais", "O Perfume" e muitos  mais...

3- Foram dois os blogues que me ofereceram este selo:

4- Dedico o selo a todos os que por aqui passarem e o quiserem usar.

Boas leituras:)

domingo, 3 de fevereiro de 2013

A escritora _ Inês Maia_

Inês Maia ao centro com duas fãs
Inês Maia nasceu a 19 de Janeiro de 1993. Desde cedo que a família cultivou nela o gosto pelas artes e, muito particularmente, pela literatura. As suas áreas de interesse incluem também a música, o cinema e a pintura. Apaixonada pela escrita, redige pequenos textos diariamente e participa no blogue de literatura da sua escola - «Gosto de Palavrar». (retirado do site wook)
Boas leituras;)

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Minha opinião sobre _"Virada do Avesso" de Maria João Lopo de Carvalho"

Virada do Avesso
de Maria João Lopo de Carvalho
Edição/reimpressão: 2000
Páginas: 172
Editor: Oficina do Livro
ISBN: 9789728579074

Sinopse:
"Vidas tecidas de pequenos instantes que nada têm de pequenos nem nada de instantes. Uma história de hoje, na Lisboa de hoje. Teresa, Diogo, Eduardo, Luísa, caminhos desencontrados ou talvez paralelos, onde todos partilham com a mesma intensidade o amor ou o desamor, a alegria transbordante ou a dor verdadeira. Virada do Avesso, uma história pela mão de Teresa. Teresa mãe, Teresa professora, Teresa amante. Teresa que, ao percorrer tantas vidas em simultâneo, não deixa de ser ameaçada pela paixão que espreita perigosamente à frincha de cada porta. Virada do Avesso é sobretudo um passeio cá dentro, ao longo de sentidas e inconfessáveis emoções!" (retirado do site wook)

"-...Estou perdida. Não sei escolher caminha. Os homens são todos uns cabrões.
-Continuas com um lido palavreado, mas olha que há excepções.
-Há? Onde?-perguntei eu- ou estão casados ou, se são divorciados, têm sempre uma vaga nostalgia do passado.
-E isso torna-os cabrões?Parece-me que continuas a confundir cabronice com sinceridade!
-São cabrões porque nos fazem sofrer, porque têm sempre medo, porque fogem de compromissos e basicamente porque nós mulheres precisamos horrorosamente  deles!
-Que parvoíce Teresa, tu não precisas de ninguém. Já deste provas. És forte como poucas. E, acredita no que te digo: os homens precisam mais das mulheres do que as mulheres dos homens." (retirado da contracapa)

Excertos:
"...Deixei um envelope ao segurança: Diogo Teixeira.Quando o abrir tem lá dentro uma frase para repensar "Tu tornas-te eternamente responsável por aquilo que cativas", o Principezinho sempre me lembrou a importância do que vamos cativando e se torna único no mundo para nós. É altura de lhe passar a mensagem." 

Minha Opinião:

“-Já viste alguém morrer de amor? O que arde cura, filha! A única coisa que o amor não cura é a paixão. Protege-te a ti mesma, não te deixes levar e sobretudo nunca acredites nas palavras. Falar, todos falam! Sabes quanto vale? Zero.” 

“Gostar é diferente; não me perguntes o que é gostar, o que é isso da paixão, eu sei bem e custa horrores a sarar; as paixões são funestas porque vivem, desamparados, no maior egocentrismo. Sobretudo se não se percebe como acabam.” 

Muito sinceramente não gostei nem um pouco desta leitura, este é o primeiro livro do ano que apesar de  ter lido até ao final, foi com um enorme esforço que o fiz. Estava sempre a contar as páginas para terminar a leitura. Fez-me lembrar os livros de Margarida Rebelo Pinto, mas na versão piorada. Uma história super banal, que envolve divórcios, amantes, casamentos e todas as  rivalidades triviais que daqui advêm. É um livro super leve que de tão leve não me deixou nada, a única frase que li com encanto foi"Tu tornas-te eternamente responsável por aquilo que cativas", o Principezinho", e nem da escritora era é do maravilhoso livro "O Principezinho" de Antoine de Saint-Exupéry
Resumidamente este livro não passa de um livro fútil, muito previsível e sem qualidade.
No entanto para quem gosta do género de histórias de amor bem light, aconselho é um livro que a outros olhos pode ter aspetos positivos. Esta é a minha singela opinião.

CLASSIFICAÇÃO:2 DE 7...NÃO GOSTEI

Boas leituras;)

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

A escritora_Maria João Lopo de Carvalho_

Maria João Lopo de Carvalho
Maria João Lopo de Carvalho nasceu em 1962 e licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade Nova de Lisboa. Professora de Português e de Inglês no ensino público e privado, representante em Portugal dos colégios ingleses Pilgrims, fundou e dirigiu a Know How, Sociedade de Ensino de Línguas e a Know How, Edições Produções e Publicidade destinada à tradução e à criação de livros personalizados para crianças e à conceção anual do Guia da Criança. 
Publicou o primeiro romance, o best-seller Virada do Avesso, em 2000 eAcidentes de Percurso, em 2001. 
Divorciada, mãe de dois filhos, fala e escreve pelos cotovelos e tem sempre tempo para tudo, sobretudo para os amigos.

Boas leituras;)

Fim de semana à porta ... mau tempo...logo?!!


Pois é mais um final de semana que está a chegar e com ele inicia um novo mês _Fevereiro_.
Para não variar muito vou passar o meu final de semana frio e chuvoso a saborear um bom livro. Vou conhecer uma data de personagens e na calma de uma leitura vou entregar-me para poder viver a sua história.
Vou até antecipar o final de semana para hoje.

Ups ia esquecer de dizer que o mês de janeiro correu lindamente, li 12 livros e descobri escritores novos, agora vamos ver como vai correr o mês de fevereiro;)
Boas leituras e bom final de semana!