quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Leituras 2015 no Goodreads...

Este ano o goodreads fez algo fantástico, clicando em cima da imagem a baixo ficaram a saber o que li o livro mais fino e o mais volumoso, os livros que mais gostei e as classificações, etc...
Cliquem aqui
Bom ano para todos e para o Goodreads;)

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Feliz Ano Novo ...

Desejo a todos uma entrada no ano de 2016 com os dois pés, ou com o direito...isto varia com a vossa crença;)
Que todos os vossos desejos para o novo ano que se aproxima se concretizem, tanto a nível pessoal, familiar, literário mas acima de tudo que tenham um ano igual ou melhor que o de 2015 e com muita saúda, paz e harmonia.
Lembrem-se que entrar num novo ano não é difícil o difícil está em concretizarmos os nossos desejos, por mais insignificantes que possam parecer, são os nossos.
Por isso desejo muita felicidade daquela que vem do coração, muita paz e acima de tudo muito amor nas vossas vidas. 
Façam o favor de serem felizes;)
Feliz ano novo e boas entradas neste ano de 2016.

domingo, 27 de dezembro de 2015

Minha opinião sobre o conto "Um presente inesperado" da escritora Carina Rosa

Um presente inesperado
Carina Rosa
Género: Conto
eBook: 12 páginas
Data de Publicação: Dezembro 2015
Sinopse:
"Simão sente-se abandonado. E é dia de Natal. Impossibilitado de fazer companhia à família, todos os Natais são os piores dias da sua vida.

Deprimido com a felicidade dos outros, Simão tem a ideia perfeita para se vingar. Não esperava, no entanto, receber um presente que faria daquele Natal o melhor de sempre. E muito menos acreditava que esse embrulho viesse das mãos de quem o abandonara.

Um conto sobre família, amizade e amor, que vai encher o coração dos leitores neste Natal."retirado daqui
Minha opinião:
Não é a primeira vez que tenho contacto com a escrita de Carina Rosa, tanto ao nível do conto como ao nível da escrita em prosa mais alongada.
Quando leio um conto, seja de que autor for, sei à partida que vou ler uma prosa com uma estrutura simples que tenta transmitir uma mensagem. Posso dizer que no diz respeito a este aspecto Carina Rosa conseguiu através deste conto cumprir o que é esperado. 
No entanto, estava à espera de mais, achei o conto demasiado simples, bonito sem dúvida mas muito simples. Acho que a escritora poderia ter desenvolvido mais a parte final do conto e não ter dado tanto desenvolvimento à parte inicial. Claro está que esta é somente  a opinião de uma leiga mas já fã desta escritora.
Estive na dúvida relativamente à classificação a dar a este conto, o que me levou a não atribuir menos foi mesmo o final do conto.
No entanto, não posso dizer que desgostei pois estaria a mentir. É um conto terno, como a época aconselha, muito original, mas não me encheu as medidas, como se costuma dizer.

Recomendo vivamente para quem gosta de contos.

Classificação de 3*** no Goodreads.

Excelentes leituras;)

sábado, 26 de dezembro de 2015

Prendas literárias no sapatinho...

Este Natal tive prendas para todos os gostos, que bom ;)
Tive perfumes, dois colares muito bonitos, um deles veio directamente do Brasil, prenda da minha prima, cremes para os lábios (de uma marca que não utiliza animais para testes), uma mantinha muito quentinha, uma caneca linda de morrer que diz love e um prato da sopa estas três últimas foram da minha mãe querida.
Tive um presente muito especial de uma menina muito especial que está sempre no meu coração, ela sabe que é, uma chávena para o meu café da manhã, linda, cor de rosa.
Mas claro que não podiam faltar os livros, quase todos prendas das próprias editoras, desde já muito obrigada, como livros que me foram oferecidos de mim para mim;), adoro fazer isso, outros foram livros que os amigos me ofereceram mas eu só abri na noite de Natal, a minha prima do Brasil também me enviou um livro. Não vou discriminar quem ofereceu, nem em relação às editoras, nem em relação a amigos ou aos que foram comprados de mim para mim que só foram dois.
Vou colocar aqui a lista dos livros que desembrulhei no dia 25 às 00h00m, são eles:
 
Comentário: Foi uma grande amiga que me ofereceu este livro e escreveu que me oferecia este livro para que eu tivesse por "obrigação" ler os anteriores que andam, faz muito tempo na estante.
Como podem ver estou super feliz com as minhas prendinhas de natal, ainda faltam aqui dois livros da Verso da História e dois livros da Chiado Editora que só os vou ter quando regressar a Cascais para a maratona de mais um período de trabalho, bastante intenso.
Tive um sapatinho muito recheado de prendinhas e algumas editoras pelo facto de no dia 27 de janeiro se celebrar o Dia Internacional de Memória do Holocausto, enviaram-me livrinhos mesmo a calhar para a Iniciativa Especial: Leituras do Holocausto que se vai desenvolver durante o mês de janeiro, no Goodreads no grupo Maratonas, Desafios e Leituras Conjuntas que agora conta com mais uma moderadora. A nova moderadora teve a brilhante ideia de fazer esta iniciativa, e é a nossa querida amiga Isaura, que eu carinhosamente trato por Isa.
A Isa é uma das novas moderadoras do grupo que foi criado inicialmente pela Tita, Sara e por mim. Tem tal como as restantes moderadoras um blog que se chama Jardim de Mil Histórias. Visitem e deliciem-se com o seu blog e as suas opiniões.
Desejo Excelentes leituras a todos;)

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo

Estes são os votos do blog Atmosfera dos Livros.
O blog vai entrar em férias mas voltará no próximo ano cheiinho de nova novidades e claro que irá fazer um balança do ano de 2015.
Façam o favor a vocês próprios e sejam felizes.
Desejo que tenham muitos livrinhos no sapatinho e que sejam, de preferência aqueles que vocês desejam receber.
Para mim só desejo paz e harmonia interior e claro que isto se estende a vocês também.
Beijinhos e sejam felizes.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

PE | Refugiado, terrorismo e acolhimento lideram votação para PALAVRA DO ANO

PE | Refugiado, terrorismo e acolhimento lideram votação para PALAVRA DO ANO
“Refugiado”, “terrorismo” e “acolhimento” lideram votação para PALAVRA DO ANO 2015 Eleição decorre até ao dia 31 de dezembro através do site www.palavradoano.pt. Desde o início do mês, cerca de 10.000 portugueses já participaram na eleição da PALAVRA DO ANO® 2015, votando a partir da lista de dez candidatas que se apresentam no site www.palavradoano.pt. A dez dias do fim da eleição, há três palavras que se destacam: “refugiado”, “terrorismo” e “acolhimento”, seguidas por “esquerda”, “drone”, “plafonamento” e “bastão de selfie”. A fechar estão as palavras “festivaleiro”, “privatização” e “superalimento”. Entretanto, está confirmada a realização da cerimónia de apresentação da PALAVRA DO ANO® 2015 no próximo dia 4 de janeiro de 2016, pelas 11:00, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures. Nessa altura, será conhecida a palavra eleita pelos portugueses para suceder a "corrupção" (2014). A PALAVRA DO ANO® é uma iniciativa com a marca registada da Porto Editora, agora na sua sétima edição, e tem como principal objetivo sublinhar a riqueza lexical e o dinamismo criativo da língua portuguesa, património vivo e precioso de todos os que nela se expressam, acentuando, assim, a importância das palavras e dos seus significados na produção individual e social dos sentidos com que vamos interpretando e construindo a própria vida. A lista de palavras candidatas a PALAVRA DO ANO® é produto do trabalho permanente de observação e acompanhamento da realidade da língua portuguesa, levado a cabo pela Porto Editora, através da análise de frequência e distribuição de uso das palavras e do relevo que elas alcançam, tanto nos meios de comunicação e redes sociais como no registo de consultas online e mobile dos dicionários da Porto Editora, tendo também em consideração as sugestões dos portugueses através do site www.palavradoano.pt. 
Estou super curiosa por saber qual vai ser a palavra do ano a minha ainda continua em votação;)

Excelentes leitura!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Chiado Editora-Divulgação do livro "Asas de Ser" do escritor António Francisco Sá Nogueira

Mais um excelente livro da Chiado Editora e claro de um escritor português, António Francisco Sá Nogueira. 
A Chiado Editora sempre surpreende na aposta dos livros lançados de escritores portugueses, excelente aposta a desta brilhante editora.

Asas de Ser

António Francisco Sá Nogueira
Editora: Chiado Editora
Data de publicação: Setembro de 2015
Número de páginas: 136
ISBN: 978-989-51-5055-7
Coleção: Viagem Filosófica
Género: Ficção
Preço em formato de papel:14.00 euros
Preço em eBook: 3.00 euros

Sinopse:

«Escrevo. Faço-o para mim, faço-o compreensível para mim. Sou eu que escrevo para esse Tu que sou eu. Um Tu que ficou preso nessa infância confusa que passou mas que marcou. E nessa roda livre, nesse turbilhão de pensamentos acabo por repousar. E, como quem dorme numa rua de Nova Iorque, eu acalmo. E deixo de escrever.
Escrevo. Faço-o para mim, faço-o compreensível para muita gente. Liberto-me das amarras das minhas ideias, das minhas palavras, do meu vocabulário. Abro os grilhões do estilo, dos parágrafos todos iguais, das frases excessivas. Quero abrir asas!»retirado da contracapa
O escritor António Francisco Sá Nogueira:
«Nascido a 4 de junho de 1990, em Santarém. Viveu até aos 18 anos no meio rural, numa pequena quinta nos arredores da capital do Ribatejo. É o mais velho de três irmãos numa família ligada profissionalmente às ciências e práticas agrícolas e florestais, temperada aqui e ali com dotes para as artes plásticas e literárias. A ascendência familiar ilustre, tanto materna como paterna, colocaram-no sempre na determinação de fazer bem o que quer que fizesse. Assim cresceu, estudou Engenharia de Materiais, em que obteve o grau de Mestre em Novembro de 2013. Tem trabalhado desde então na sua área de formação, dedicando-se à escrita como relato da passagem pela vida.»retirado daqui
Mais um livro que me foi pedido pelo escritor para ler e dar a minha singela opinião, obrigada pela confiança depositada na minha pessoa.
Agradeço à Editora Chiado pelo envio do livro para que eu possa satisfazer o desejo do escritor.
Excelentes leituras!

sábado, 12 de dezembro de 2015

Minha opinião sobre o conto "A última Ceia-Um conto de Terror Natalício" da escritora Ana C. Antunes

Baixei o  conto "A última Ceia-Um conto de Terror Natalício" da escritora Ana C. Antunes do daqui
A última ceia
Um conto de terror natalício
Ana C. Antunes
Formato: eBook
Sinopse:
O Natal é uma época para a família, em que os membros que não se vêem há muito tempo, se reúnem à mesa, partilham histórias, sonhos, alegrias e uma refeição tradicional. Mas neste Natal a ceia é tudo menos convencional. Uma delícia que poucos têm oportunidade de provar.

Um jovem aborrecido e descontente, em busca de aventuras nocturnas numa casa perdida à beira-rio, irá encontrar muito mais que prendas debaixo da árvore de Natal.

Uma refeição pode esconder muitos segredos …



A Última Ceia - book teaser (PT)

Minha opinião:
Já tinha lido outros contos da escritora Ana C. Antunes, gostei sempre muito do que li desta jovem escritora.
Contudo, devo referir que apesar deste conto ter todo o potencial para se ter tornado num excelente conto de verdadeiro terror, não tem nada de terror. Isso desiludiu-me bastante, pois estava a contar, até pelo título do conto que fosse algo que eu iria vibrar mas tal não aconteceu. Com isto não quero dizer que não gostei do que li, gostei mas simplesmente estava a contar com algo, que a escritora prometeu com o título que deu ao conto e não obtive aquilo que realmente esperava.
A história, volto a repetir, tinha tudo para até ser bem mais que um conto, poderia ter desenvolvido de modo a ser um pequeno livro, talvez ai deixa-se desenvolver mais as personagens, que gostei muito, mas foi uma opção da escritora e contra factos não existem argumentos.

Recomendo a sua leitura, mas não partam com grandes expectativas, assim talvez não se desiludam.
Classificação de 2** no Goodreads.
Excelentes leituras!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

PE | Bruno Vieira Amaral no Porto de Encontro

No próximo domingo, 13 de dezembro, pelas 17:00, na Casa das Artes, realizase a 41.ª edição do “Porto de Encontro”, a última de 2015. O convidado é o escritor Bruno Vieira Amaral, distinguido há poucas semanas com o Prémio José Saramago, sendo de destacar a participação especial do editor e escritor Francisco José Viegas. A conversa será moderada, como habitualmente, pelo jornalista Sérgio Almeida, e as leituras serão da responsabilidade de Ana Celeste Ferreira. Bruno Vieira Amaral nasceu em 1978. Formado em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE, é crítico literário, tradutor, bloguer (“Circo da Lama”) e autor de Guia Para 50 Personagens da Ficção Portuguesa e Aleluia. Em 2002, uma temerária incursão pela poesia valeu-lhe ser selecionado para a Mostra Nacional de Jovens Criadores. Colaborou no “DN Jovem”, revista “Atlântico” e jornal “i”. Atualmente colabora com a revista “Ler” e é assessor de comunicação das editoras do Grupo Bertrand Círculo. O seu primeiro romance, As Primeiras Coisas, foi considerado livro do ano em 2013 para a Revista “Time Out” e foi distinguido com o Prémio PEN CLUBE Narrativa, Prémio Literário Fernando Namora e Prémio Literário José Saramago 2015. Desde Novembro de 2011, o Porto de Encontro” já promoveu sessões com autores como Gonçalo M. Tavares, Luis Sepúlveda, Richard Zimler ou José Tolentino Mendonça que, no seu conjunto, atraíram mais de 12 mil espectadores. Esta edição do “Porto de Encontro” conta com a colaboração da Direção Regional de Cultura do Norte e tem o apoio do Jornal de Notícias, Antena 1, Porto Canal e das Livrarias Bertrand. Esta iniciativa está a ser divulgada no sítio do Porto de Encontro, em http://www.portoeditora.pt/portodeencontro, e na página Facebook https://www.facebook.com/PortodeEncontro. 
 Mais uma excelente iniciativa da Porto Editora, a editora que está sempre perto de si.

Excelentes leituras!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Palavra do Ano | Já conhece as 10 candidatas?

Já estão conhecidas as 10 palavras mais votadas do ano 2015, agora clique em votar e vais ter conhecimento delas e pode votar na mais apropriada para o ano 2015.
Vá participe;)

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Divulgação Editorial Bizâncio-livros que me foram enviados


Quero por começar a Editorial Bizâncio por gentilmente me ter enviado dois livros que apesar de não serem recentes são livros que depois de ter lido a sinopse me agradaram muito. Desta forma contactei a Editorial Bizâncio que de imediato se disponibilizou para me enviar os livros. Muito obrigada Editorial Bizâncio, pela atenção e pelo carinho com que me têm vindo a tratar desde o início da nossa parceria.
Sinopse:

Um segredo que Helena guarda desde os dezoito anos ensombra a felicidade dos filhos e ameaça o 
seu casamento com o homem que ama. Obrigações familiares inesperadas reavivam, no entanto, aquilo que queria esquecer e trazem-lhe à memória o passado, marcado pelos homens e mulheres que atravessaram o seu caminho. 
Norteada, porém, pelo vaticínio do antigo professor de Matemática que lhe disse nessa altura distante e mais pesada da sua vida: «Vais realizar os teus sonhos todos, verás. Só que te vai dar muito mais trabalho e não era preciso sofreres tanto», Helena vai reconstruindo a vida enquanto luta pelo quinhão de felicidade a que se julga com direito. 



                                                          Em Casa de Estranhos
                                                         Autora: Brum, Margarida
                                                                                  Pág.: 312
                                                                               
                                                               ISBN: 972-53-0255-9

                                                                               Ano: 2005
Género: Romance
                                                            Preço de Capa: €15.04
                                                            

                                                                Preço Online: €13.54

Nascida nos Açores e sempre com as ilhas no coração, Margarida Brum localiza aí o início deste seu segundo romance não resistindo à tentação, como professora de História, de procurar no século XIX, das lutas liberais e dos degredados de África, a origem das famílias que a guerra colonial aí
juntou no final dos anos 60, entrelaçando o fio da sua narrativa com as malhas que o Império tecia.

A escritora Margarida Brum:
Nasceu nos Açores e licenciou-se em História na Faculdade de Letras de Lisboa. Professora, orientou estágios, colaborou com vários departamentos do Ministério da Educação e há vinte anos que trabalha naquela que considera ser a escola
mais divertida da periferia de Almada.

...................................................................................................

Livros da escritora Margarida Brum:

 Em Casa de Estranhos
 Enquanto Esta Música Durar És Só Minha

A Eternidade Não é De Mais
Autor:Cheng, François
Pág.: 224
ISBN: 978-972-53-0156
Género: Romance
Ano: 2002
Preço de Capa: €12.61
Preço Online: €11.35

Sinopse:

No século XVII, no final da dinastia Ming – época de efervescência e de agitação em que o próprio Ocidente marcou presença com a chegada dos primeiros missionários jesuítas à China –, num mosteiro situado no cume de uma montanha, um homem que ainda não pronunciou os seus votos decide abandonar este local de paz e recolhimento para, trinta anos depois, procurar a única mulher que alguma vez amou. 

Um romance de encantamento e de verdade, história de uma paixão – de um Tristão e Isolda chineses com os seus códigos e interdições tão precisos quanto estritos – não só do domínio do coração e dos sentidos, mas envolvendo também toda a dimensão espiritual do ser, para se debruçar sobre o mistério do universo e o transfigurar. 

Critica da imprensa:
«Um encantamento semelhante ao de Tristão e Isolda ou de Dante e Beatriz.» 
Le Monde 

«Profundamente sensual e místico.» 
Le Fígaro

O escritor François Cheng:

Nasceu na China em 1929. Escritor, poeta, filósofo, tradutor, calígrafo e professor no Institut National des Langues et Civilisations Orientales, em Paris. É autor de uma obra notável e única recompensada com o Grande Prémio da Francofonia da Academia Francesa. Recebeu também, em 1998, o Prémio Femina, um dos mais prestigiados prémios literários franceses com o livro O Que Disse Tianyi e, nesse mesmo ano, o prémio André Malraux com Shitao: The Savor of the World, um estudo ilustrado sobre o respeitado pintor chinês.
                                    ...................................................................................................
Livros do escritor François Cheng:
 A Eternidade Não é De Mais
 O Que Disse Tianyi
Obrigada Editorial Bizâncio.

Excelentes leituras!

Coolbooks - Dúvida e ilusão em Dez contos entre a Terra e a Sombra do escritor Diogo Ribeiro

Mais um eBook que a Coolbooks tem o prazer de lançar-"Dúvida e ilusão em Dez contos entre a Terra e a Sombra" do escritor Diogo Ribeiro.
Dez contos entre a Terra e a Sombra 
Autor: Diogo Ribeiro 
Formato: e-wook 
N.º páginas (estimado): 92
PVP: 4,99 €

Dúvida e ilusão em Dez contos entre a Terra e a Sombra Obra de estreia de Diogo Ribeiro apresenta dez contos entre o género policial e o fantástico.

Sinopse:

Um jardim com portões de ferro… Uma cidade de ninguém… A morte de um conde… Uma praia de seixos… Uma viúva esperando… Leonor aproximando-se da janela de mogno… Uma conversa sobre fadas… Uma pergunta sobre a morte… O sol descendo sobre as vinhas… E Benedita sentada sobre recortes de jornais…
Esta é uma antologia que tenta devolver ao imaginário português a sua intrínseca atmosfera de mistério. Dez contos entre a Terra e a Sombra. Dez narrativas sem nome, serpenteando entre o policial e o fantástico, entre a morte e a inocência, entre a vingança e o amor. Dez histórias que culminam num grito de vitória. Porque afinal, entre a Terra e a Sombra apenas eu.
A antologia de contos Entre a Terra e a Sombra, de Diogo Ribeiro, é a mais recente obra publicada pela Coolbooks e está agora disponível em coolbooks.pt e na livraria virtual wook.pt. Habituado a ilustrar as palavras de outros no seu trabalho como ilustrador científico, Diogo Ribeiro apresenta, nesta obra de estreia, narrativas escritas durante os últimos seis anos. Escrito entre o género policial e o fantástico, em torno de temas universais como a morte e a inocência, a vingança e o amor, Dez contos entre a Terra e a Sombra deixa os leitores no limbo, construindo a narrativa no intuito de devolver ao imaginário português a sua intrínseca atmosfera de mistério. Para ler um excerto deste ebook, clique nesta ligação. 
O escritor Diogo Ribeiro:

Diogo. Vinte e três anos de Lisboa. Outros quatro de Zurique. Foi para a Suíça em 2011 para terminar o mestrado em Medicina Veterinária. A vida trocou-lhe as voltas, mas daquelas boas, e acabou por ficar, trabalhando como ilustrador científico. Escreve desde que se lembra. Sobre tudo o que vê, e sobretudo o que não vê. Em 2008 ganhou o primeiro prémio na categoria de prosa do concurso literário “Lisboa à Letra” organizado pela Câmara Municipal de Lisboa, com o conto A Cor de Lisboa.

A antologia de contos Entre a Terra e a Sombra, de Diogo Ribeiro, é a mais recente obra publicada pela Coolbooks e está agora disponível em coolbooks.pte na livraria virtual wook.pt. Escrito entre o género policial e o fantástico, em torno de temas universais como a morte e a inocência, a vingança e o amor, Dez contos entre a Terra e a Sombra deixa os leitores no limbo, construindo a narrativa no intuito de devolver ao imaginário português a sua intrínseca atmosfera de mistério.

Estas e outras informações sobre a nova obra da Coolbooks estão disponíveis na nota de imprensa que segue anexo. Não deixe, também, de ler o excerto da obra, ao qual pode aceder a partir do mesmo documento.


Mais o e-wook lançado pela chancela digital da Porto Editora.

Porto Editora e Coolbooks uma excelente prenda de natal para oferecer a uma pessoa especial... Compre livros este Natal.

Excelentes leituras!


Nota de Imprensa - Beja Acontece - Informação à Imprensa - José Luís Peixoto

 
Conversas à volta do livro "Em teu ventre" de José Luis Peixoto
Sábado l 12 de dezembro l 17h00m l Biblioteca Municipal de Beja
Partilhar:FacebookTwitter

Participe nesta conversa com um dos mais badalados escritor português.

Excelentes Leituras!

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Nota de Imprensa_ Lançamento do livro_"Combater Duas Vezes:Mulheres na luta armada em Angola" da Editora Verso da História

No ano em que se comemoram 40 da independência de Angola

Lançamento do livro 16 de dezembro, às 18h30, na Leya Buchholz, em Lisboa.
Verso da História, 445 pp, 19.95 euros
Na altura em que se cumprem 40 anos de independência de Angola e muitas das feridas abertas pelo Colonialismo, continuam em carne viva, Margarida Paredes dá-nos,em Combater Duas Vezes, uma perspetiva singular das Lutas de Libertação e da Guerra Civil que se lhe seguiu, revelando o papel decisivo e quase sempre esquecido das mulheres combatentes.
Sinopse:
"A história contemporânea de Angola é inseparável das guerras e conflitos que duraram entre 1961 e 2002, incluindo as Lutas de Libertação nacional e a Guerra Civil após a independência. Um dos aspetos mais marcantes destas guerras foi a participação das mulheres como combatentes.
Num contexto social de dominação masculina, esta participação nem sempre significou, para estas mulheres, maior visibilidade, e a verdade é que, depois das guerras, muitas foram esquecidas. No entanto, não há como negar que a participação das mulheres na luta armada reforçou a luta pela emancipação feminina e igualdade de género, já que elas assumiram papéis que lhes estavam interditos anteriormente."retirado da Nota Informativa

«Esta obra original e pioneira dá corpo às aspirações, desafios, agruras e estratégias de vida de mulheres combatentes angolanas, cujos detalhes a escrita de Margarida Paredes captura com sensibilidade.» – do prefácio de Maria Paula Meneses
A escritora Margarida Paredes:
Margarida Paredes é natural do Penedo da Saudade, em Coimbra. Em 1974, abandonou o curso universitário na Bélgica para lutar pela independência de Angola ao lado do MPLA, movimento a que aderiu em 1973. Passou por Brazzaville e foi uma das primeiras militantes vindas do Congo a entrar em Luanda após o 25 de Abril de 1974.Depois da independência abandonou o exército angolano para trabalhar no Conselho Nacional de Cultura com o poeta António Jacinto. Aí desenvolveu projetos na área dos espetáculos e artes plásticas, trabalhando com «crianças-soldado» e órfãos de guerra. Regressou a Portugal em 1981.Licenciada em Estudos Africanos pela Faculdade de Letras de Lisboa, obteve o grau de Doutora em Antropologia pelo ISCTE-IUL com o tema «Mulheres na Luta Armada em Angola». No pós-doutoramento, trabalhou o tema «Mulheres Afrodescendentes da Polícia Militar em Salvador».É investigadora e professora na Universidade Federal da Bahia, Salvador, Brasil. Desenvolve uma linha de pesquisa sobre Masculinidades Femininas no Campo Militar.
Mais um livro sobre a história contemporânea que merece ser lido, publicado pela excelente editora Verso da História.
Uma excelente prenda para oferecer este Natal a alguém especial.

Excelentes leituras na companhia da Editora Verso da História.

sábado, 5 de dezembro de 2015

Minha opinião sobre o livro "Tia Guida" do escritor André Fernandes

Quero agradecer mais uma vez à Chiado Editora por me ter enviado com todo o carinho este livro para eu poder ler e dar a minha sincera opinião.

Tia Guida

de André Fernandes
Edição/reimpressão:Outubro de 2013
Páginas: 186
Editor: Chiado Editora
ISBN: 9789895105410
Colecção:Bíos
Género: Relato
Preço: 9.00 euros
Livro gentilmente oferecido pela Chiado Editora, muito obrigada, mais uma vez.
Sinopse:
"Não me lembro do dia exacto, nem da hora exacta, mas lembro-me exactamente de como me senti.
Despertei. Peguei no telefone e digitei o número que pretendia. A chamada estava estabelecida. Estava prestes a receber notícias que ansiava receber há já alguns dias. Mas nem por um segundo equacionei a hipótese de serem tão negras como aquelas que recebi naquele dia. Cancro. Sim, tinha ouvido bem. Cancro."
retirado da contracapa do livro
O escritor André Fernandes:
"André Fernandes nasceu a 1 de Fevereiro de 1991, em Lisboa. Aos 21 anos de idade, licenciou-se em Ciências da Comunicação através da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Um ano depois, publicou a sua primeira obra, "Tia Guida", um livro que fala sobre cancro, tanto para aqueles que o têm como para aqueles que os vêem ter.O Autor nas redes sociais:Twitter - AndréF7Instagram - AndréCF7"retirado daqui
Minha opinião:
Este livro é uma verdadeira história de vida, como todas as histórias de vida em que neste caso foca o cancro, não é um livro fácil de ler. Não pela sua escrita, pois esta é simples e muito bem elaborada, mas pela temática.
Quando falamos sobre o cancro não é fácil, quando lê-mos um relato verídico sobre o mesmo ainda mais difícil é, pelo menos para mim.
Contudo, ao ler este livro tomei-o como uma lição de vida, de força de vontade pela luta desta doença devastadora, que certamente já levou alguém das nossa família, infelizmente da minha já levou várias.
Escrever sobre este livro é difícil para mim, mexeu e remexeu com os meus passados e de que maneira.
Adorei ler a forma como a Tia Guida lidou com a doença o modo como teve o incondicional apoio dos familiares,  a forma como os médicos lidaram com a paciente pode nem sempre parecer a mais correcta mas por vezes eles também não sabem o que fazer, pois acima de tudo são seres humanos, também nutrem sentimentos pelos vários doentes oncológicos que lhes passam pela mão.
Acima de tudo é uma história de amor, carinho, afecto e muita esperança no futuro. Porque mesmo com cancro o doente continua e tem de continuar a pensar que vai haver um futuro, que a doença é só uma provação, e que ele vai conseguir superar.
Este livro é de uma beleza enorme a todos os níveis eu adorei as poucas horinhas que demorei a o ler, apesar de me fazer recordar passados, como já referi, este livro é de esperança.
Recomendo vivamente a sua leitura.
Classificação de 5***** no Goodreads
Obrigada Chiado Editora por apostar em escritores portugueses, com este enorme potencial para a escrita.

Excelentes leituras!

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Minha opinião sobre o livro "Harry Potter e os Talismãs da Morte" da escritora J.K.Rowling

Harry Potter e os Talismãs da Morte

de J. K. Rowling
Edição/reimpressão:2014
Páginas: 608
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722338356
Coleção: Estrela do Mar
Preço: 19.99 euros
Sinopse:
"É neste sétimo volume que Harry Potter irá travar a mais negra e perigosa batalha da sua vida. Dumbledore reservou-lhe uma missão quase impossível-encontrar e destruir os Horcruxes de Voldemort...Nunca, em toda a sua longa série de aventuras, o jovem feiticeiro mais famoso do mundo se sentiu tão só e perante um futuro tão sombrio. Chegou o momento do confronto final - Harry Potter e Lord Voldemort...nenhum pode viver enquanto o outro sobreviver...um dos dois está prestes a acabar para sempre... Os seus destinos estão misteriosamente entrelaçados, mas apenas um sobreviverá...Numa atmosfera apoteótica e vibrante, Rowling desvenda-nos, por fim, os segredos mais bem guardados do universo fantástico de Harry Potter e deixa-nos envoltos, talvez para sempre, na sua poderosa magia. Este sétimo volume tem sido considerado pelo público e pela crítica como o melhor de toda a série Harry Potter"retirado da contracapa do livro

Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 - Trailer



Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 - Trailer 2

Minha opinião:
Este foi o último livro da série Harry Potter, e que livro fantástico. Eu não imagino como uma escritora consegue ter tamanha imaginação para conseguir ao fim de seis livros, todos eles brilhantes, escrever um último livro que para mim é simplesmente soberbo.
A confronto final entre Harry e Voldemort acontece finalmente, os dois não podem sobreviver, um deles tem de morrer. Obviamente que todos esperam que seja Voldemort a morrer mas será realmente ele? Ou será o pequeno, agora, grande feiticeiro Harry Potter a morrer, como já deveria ter morrido quando era ainda um bebé?
Outro facto fantástico neste livro é a missão que Dumbledore reservou a Harry Potter que consiste em que este tem de encontrar e destruir os Horcruxes de Voldemort. Ou seja, Voldemort dividiu a sua maldoso alma em várias que estão espalhadas por sítios macabros e perigosos mas nem todos os Horcruxes de Voldemort são verdadeiros existem aqueles que são falsos para confundir ainda mais a mente de quem os procurasse um dia.
Este livro foi o meu preferido, o filme também acho que está muito bem conseguido.

Agora que terminei de reler a série do Harry Potter posso dizer que adorei, por vários motivos mas principalmente pelo facto de poder ler de seguida os livros e não ter de esperar pela época do Natal ou do dia das Bruxas para poder adquirir um livro que devorava em dois dias e depois tinha que esperar mais um ano.

Recomendo vivamente a releitura desta série.
Classificação de 5***** no Goodreads.
Excelentes leituras!