domingo, 27 de novembro de 2016

Opinião l "Vanessa vai à Luta" da escritora Luísa Costa Gomes

Vanessa vai à Luta
Luísa Costa Gomes
Ilustração: André Caetano
ISBN: 978 972 072 710 7
Editora: Porto Editora
Edição: junho de 2014
N.º de páginas:124 páginas
Sinopse:
«A Mãe diz que eu devia querer uma coisa de menina. Diz que sou uma menina e que tenho de querer coisas de menina, senão os rapazes não gostam de mim. Já reparaste como são estúpidos os brinquedos das raparigas?
Descobre a luta da pequena Vanessa contra os estereótipos da sociedade nesta divertida peça de teatro escrita numa linguagem jovem e atual.»
  retirado do Goodreads 

A Escritora:
"Luísa Costa Gomes nasceu em 16 de Junho de 1954. É licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi por vários anos professora do Ensino Secundário e trabalhou ainda no programa Escritores nas Escolas. Traduziu livros, traduziu e legendou filmes. Tem colaborado em vários jornais e revistas, programas de rádio e televisão.
A sua obra literária começou com a publicação, em 1981, do livro "Treze Contos de Sobressalto". Desde aí já lá vai dezena e meia de títulos, entre o conto, o romance, o teatro e a crónica, com variados prémios, e traduções no estrangeiro. Várias das suas peças subiram ao palco. Escreveu o libretto de algumas óperas, entre elas o célebre "Corvo Branco", de Philip Glass, com encenação de Robert Wilson, apresentado por ocasião da Expo' 98 (e também em Madrid e em Nova Iorque). Criou a revista de contos FICÇÕES, que dirige e coordena." retirado do Goodreads 

Opinião:
Este livro faz parte do Plano Nacional de Leitura para o 8.º ano de escolaridade. Assim sendo, tem uma componente muito importante que está intimamente relacionada com a transmissão de valores.
Todos os dias somos bombardeados por anúncios nos meios de comunicação, a importância de sabermos afastarmos-nos destas tentações está muito bem representado neste livro. Um outro aspeto abordado é a diferença de géneros, tipicamente as meninas têm de brincar com bonecas e os rapazes com carros e metralhadoras, mas porque não pode ser ao contrário?
Mais um ponto importante, pelo menos no meu ponto de vista são os pais que adquirem tudo o que os filhos pedem, o que faz com que estes não deem o devido valor às prendinhas mais pequenas, acho que me faço entender. A dificuldade na explicação da gravidez da mãe  de Vanessa não foi focado, mas a dificuldade em explicar se seria menino ou menina está bem patente nesta pequena história, algo que foi bem abordado.
Gostei muito desta leitura.
Classificação de 4**** no Goodreads.

Boas leituras!

Opinião l "Júlia: Afinal, Existem Príncipes Encantados!" da escritora Natalie K. Lynn

Júlia: Afinal, Existem Príncipes Encantados!
Natalie K. Lynn
Editora: Chiado Editora
1.ª edição: Março de 2016
ISBN: 978 989 515 579 8
N.º de páginas:277 páginas
Coleção: Viagem na Ficção
Género: Romance
Preço em Papel: 12,00 euros
Preço em ebook: 3,00 euros
Este livro foi enviado pela Chiado Editora, em troca de uma opinião honesta e sincera. Desde já quero agradecer a Chiado Editora pelo envio deste e de muitos outros livros que me têm permitido descobrir novos  e talentosos escritores portugueses.
Sinopse:
«Quando chamou palhaço a Miguel Souto, o homem de bata branca que estava à sua frente, jamais passara pela cabeça de Júlia Medeiros que ele não ia desistir enquanto não a tivesse rendida aos seus encantos...

Uma missão aparentemente impossível, uma vez que há muito que a jornalista tinha deixado de acreditar em príncipes.

Mas o pediatra estava determinado a quebrar as muralhas que ela construíra em torno do seu coração para a fazer viver o conto de fadas e nada o iria impedir, nem mesmo as adversidades do destino, como a sua partida numa missão humanitária para um país africano em guerra.

Uma história empolgante sobre a descoberta do amor neste primeiro volume da coleção "Amor, Amigas e Garrafas de Vinho".»
retirado do site da Chiado Editora (aqui)

A escritora Natalie K. Lynn:
"Carmen Silva e Maria Valente nasceram no mesmo dia, do mesmo mês do mesmo ano e à mesma hora. A paixão pelo jornalismo fez com que os seus caminhos se cruzassem no ano 2000, na Escola Superior de Comunicação Social. A partir daí as suas jornadas nunca mais se desentrelaçaram, primeiro como colegas de turma e depois de profissão. A Carmen na imprensa escrita e a Maria pelo mundo da rádio.
À margem da profissão, partilham a mesma necessidade de conhecer o mundo e são por isso muitas as viagens que já fizeram juntas. Foi precisamente numa dessas viagens, algures pelas paisagens indonésias que decidiram avançar com a vontade que ambas, mais uma vez, partilhavam: escrever um livro… um romance no feminino.
Uma vontade cuja semente lhes fora incutida pelas respetivas mães, ávidas leitoras do género, sobretudo de autoras anglo-saxónicas de renome.
Em jeito de homenagem, apoderaram-se do nome das mães, já ausentes deste mundo, e da nacionalidade das autoras que estas tanto apreciavam. Grotescamente, uniram as “peças” soltas deste furto com a letra K de Karma, um termo característico das filosofias orientais, que para Carmen e Maria simboliza o “canto” do mundo onde estavam quando decidiram que era hora de colocar no papel as histórias que lhes fervilhavam na mente.
Fruto desta mistura improvável nasceu o pseudónimo Natalie K. Lynn."retirado do site da Chiado Editora (aqui)

Opinião:
"Júlia, Afinal Existem Príncipes Encantados" é o primeiro volume  da coleção "Amor, Amigas e Garrafas de Vinho". Neste livro desenrola-se a história de Júlia Medeiros, uma jornalista que se encontra na casa dos trinta, que já sofreu a sua boa dose de desilusões amorosas e uma perda muito importante na sua vida. Isto tornou-a uma pessoa extremamente racional que não se deixa levar pelos impulsos emotivos, tentando sempre controlá-los.
Tudo começa quando a Júlia vai fazer uma entrevista aos doutores palhaços, que têm como função entreter as crianças doentes que estão hospitalizadas. Júlia chega atrasada, quando entra no hospital dirige-se ao Doutor Miguel Souto e chama de palhaço, a pensar que ele faz parte da equipa de palhaços de nariz vermelho.
Assim começa a história de Júlia com Miguel Souto, que me fez rir bastante, pois na realidade o protagonista masculino é literalmente uma personagem hilariante, por seu lado Júlia é uma protagonista mais controlada mas que acaba por se deixar levar nas suas emoções.
Um dos aspetos que eu adorei neste livro, foram as amigas inseparáveis de Júlia, temos a Marta que é enfermeira, a Rita que é uma advogada e a Leonor que é relações publicas numa multinacional. As quatro amigas formam um grupo muito engraçado e real, todas se preocupam umas com as outras. Todos os sábados encontram-se ora na casa de uma ou de outra para colocarem a conversa em dia ao longo de um bom jantar bem regado.
Esta história tem a meu ver todos os condimentos para fazer sonhar, gostei muito do enredo adorei as amigas da Júlia e o Santiago amigo de Miguel, obviamente que o Miguel é uma personagem, como já referi, fora do comum mas é um verdadeiro Príncipe Encantado. Não posso deixar passar o adorável companheiro de quatro patas que Júlia tem, um cão rottweiler que foi batizado com o nome Legend.

Agora estou a aguardar que saiam os próximos volumes que devem certamente falar do encaminhamento amoroso de cada uma das amigas de Júlia.
Adorei esta leitura, aconselho para quem gosta de um romance fofo e com personagens maravilhosamente boas e belas.
Classificação de 5***** no Goodreads
Boas leituras!





quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Opinão I "O Diário Secreto de Laura Palmer" da escritora Jennifer Lynch

O Diário Secreto de Laura Palmer
Jennifer Lynch
ISBN: 978 989 665 112 1
Edição: Julho 2016
Editor: Suma das Letras
N.º de páginas: 264 páginas

Este foi o segundo livro que li para a Maratona literária Vamos Baixar a Pilha 2016 que está a decorrer no Goodreads aqui .

Sinopse:
"Laura Palmer a rapariga de rosto doce de Twin Peaks escondeu as suas ações mais sombrias e os sonhos mais retorcidos num diário secreto, a partir dos doze anos... até ao dia em que foi assassinada.
O diário contém pista importantes sobre a identidade do seu assassino. E, para os habitantes de Twin Peaks, tem início um mistério que irá obceca-los a todos..."retirado da contracapa

A escritora Jennifer Lynch:

"Jennifer Chambers Lynch, ou simplesmente Jennifer Lynch, (Filadélfia, 7 de abril de 1968) é uma cineasta e roteirista estadunidense, também conhecida por escrever o livro The Secret Diary of Laura Palmer."

Minha opinião:
A leitura deste livro foi realizada no contexto da Maratona Vamos Baixar a Pilha 2016, no tópico ler um livro que de um género que não gostes ou nunca tenhas lido.
Devo confessar que foi uma agradável surpresa, apesar de ter sido uma leitura muito obscura, até com alguns pontos perturbadores e assustadores, não para mim como leitora mas achei a personagem principal, Laura Palmer, uma adolescente assustadora, psicologicamente desequilibrada e que vive num mundo obscuro.
Chegou a uma altura da leitura, e é de louvar a escritora do livro, em que eu tinha mesmo a ideia que este era o verdadeiro diário de Laura Palmer. O Diário está muito bem escrito, muito real, muito bem conseguido para atingir o seu objetivo. Confesso que fico com pena por ter deixado algumas peças soltas, eu terminei a leitura sem perceber muito bem quem era uma das personagens muito presente no Diário, não vou referir o nome. Terminei a leitura sem perceber se ela foi morta ou se suicidou. Estas dúvidas levaram-me a não atribuir a classificação que eu queria,
Aconselho vivamente a leitura, tem descrições fortes, por vezes até dolorosas e que me fizeram ter "pena" do rumo que a protagonista decidiu tomar na sua vida. No entanto, é uma história que é mais comum do que possa parecer na juventude de hoje.
Classificação de 4**** no Goodreads.
Boas leituras!

sábado, 19 de novembro de 2016

Opinião I "9 de novembro" da escritora Colleen Hoover

"9 de novembro"
da escritora Colleen Hoover
ISBN:978 989 884 942 7
1.ª Edição: setembro de 2016
Editora: TopSeler
N.º de páginas:320 páginas

Este foi o primeiro livro que li para a Maratona literária Vamos Baixar a Pilha 2016 que está a decorrer no Goodreads aqui .

Sinopse:
"A história de um amor capaz de curar e renovar a vida. O dia 9 de novembro No último dia de Fallon em Los Angeles, a sua vida cruza-se com a de Ben e os dois apaixonam-se perdidamente. A química que os une é tão forte e incontrolável que, apesar de Fallon estar a caminho de Nova Iorque, os dois prometem encontrar-se novamente. Os reencontros Durante cinco anos, sempre no dia 9 de novembro, Fallon e Ben encontram-se para construírem a sua história de amor, entre as várias relações e atribulações das suas vidas separadas. Apesar de só estarem juntos uma vez por ano, os dois envolvem-se cada vez mais e partilham um amor pleno de entrega, paixão e intensidade, capaz de os transformar e de sarar cicatrizes profundas. Cinco anos depois Fallon descobre que Ben carregou um enorme segredo durante cinco anos. O choque e a desilusão tomam conta do coração da jovem, devastada com a possibilidade de tudo ter sido uma farsa. Estarão os dois preparados para aceitar que as histórias de amor nem sempre têm um final feliz? Ou será Fallon capaz de perdoar o homem que ama? O passado, o presente e o futuro cruzam-se num livro arrebatador e envolvente." retirado do site wook

Minha opinião:
Quem segue o blog sabe que eu li os primeiros livros lançados em Portugal desta escritora e que adorei, refiro-me ao livro "Caso Perdido" e "Uma nova esperança" que são dois livros que são a sequência um do outro e "Amor Cruel" que é um livro único.
Quando adquiri este livro juntamente com outro da mesma escritora "Confesso" que irei ler em breve, estava com um pouco de receio de me desiludir com a escritora que me tinha apaixonado no ano de 2015. Mas confesso que apesar do meu receio e também pelo facto de estar classificado no Goodreads com 4.46 (de 1 a 5) tinha as espectativas elevadas mas continuava com algum "medo" de me desiludir pois tinha e agora cada vez mais esta escritora numa alta fasquia.
Confesso que sempre que leio algo de Colleen Hoover fico completamente rendida ao modo como ela consegue sempre fazer com que eu pense num determinado final e depois sou completamente apanhada de surpresa.
Ela escreve de uma maneira maravilhosa, que me prende desde o início até ao final, pois apesar de ter demorado algum tempo para o ler, não quer dizer que não estava apaixonada pela leitura, mas somente devido à falta de tempo.
O enredo está centrado em duas personagens principais o Ben e a Fallon, dois jovens que se conhecem numa situação muito peculiar no dia 9 de novembro. Contudo, Fallon no dia em que conhece Ben está de viagem marcada para outro estado, onde vai à procura de refazer a sua vida. Então Ben, tem a ideia de se encontrarem todos os próximos 5 anos no dia 9 de novembro, no mesmo sítio e passarem esse dia juntos.
Assim vai sendo retratado o livro desde o primeiro 9 de novembro em que conhecem até ao último 9 de novembro.
Mas esta data não significa só a data em que se encontraram pela primeira vez...9 de novembro tem uma carga emocional extremamente forte tanto para Fallon como para Ben.
Muitas verdades vão sendo reveladas de ano para ano, promessas são feitas entre os dois e muitas reviravoltas são vividas tanto por Ben como por Fallon.
Será que o amor sabe ultrapassar a mágoa?
Recomendo vivamente a leitura deste livro.
Classificação de 5***** no Goodreads
Book trailer do livro 9 de novembro de Colleen Hoover
Boas leituras.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Opinião I "A Herdeira" da escritora Kiera Cass


"A Herdeira"
da escritora Kiera Cass
Editor: Marcador
Edição: 2016
ISBN:  9789897542381
N.º páginas: 320 páginas
Sinopse:
"A Princesa Eadlyn cresceu a ouvir histórias intermináveis de como a sua mãe e o seu pai se conheceram. Vinte anos antes, America Singer entrou na Seleção e conquistou o coração do Príncipe Maxon - e viveram felizes para sempre.

Eadlyn sempre achou romântica esta história de encantar, mas não tem qualquer interesse em tentar repeti-la. Por si, adiaria o casamento tanto tempo quanto possível. Mas a vida de uma princesa não é inteiramente sua e Eadlyn não pode escapar à sua própria Seleção - por mais fervorosamente que proteste.

Eadlyn não espera que a sua história acabe em romance. Mas com o início da competição, um candidato poderá acabar por conquistar o coração da princesa, mostrando-lhe todas as possibilidades que se encontram à sua frente… e provando-lhe que viver feliz para sempre não é tão impossível como ela pensou."
retirado do site wook

A Herdeira - Book Trailer Oficial | Legendado
 

Minha opinião:
Este é o quarto volume da "A Seleção", que eu tenho seguido com muito interesse.
Devo referir que este não foi um livro que eu tivesse facilidade a entrar, parei várias vezes e iniciei a muitas vezes a leitura deste livro. Tal facto, acho que se deveu a uma alteração das personagens principais e também à personagens principal, princesa Eadlyn, que nada tinha a ver com a personagem feminina, America Singer, a sua mãe, a que eu estava habituada nos outros três volumes.
Este volume fala da filha de America com o Príncipe Maxon, do casal que foi retratado nos anteriores três volumes. A futura rainha tem que fazer a sua seleção mas não está muito virada para se apaixonar seja por quem for.
A história desenrola-se entre episódios divertidos e episódios verdadeiramente preocupantes em relação à monarquia de Illéa. Ela não espera que aconteça com ela o mesmo que aconteceu com os seus pais, que se apaixonaram perdidamente e representam para ela um casal perfeito.
A Princesa Eadlyn tem um irmão gémeo mas ela foi a primeira a nascer, daí que seja ela a futura rainha de Illéa e logo ela é que vai ser sujeita ao processo de seleção.
Não vou adiantar muito sobre a história, acho que para quem está a seguir esta série vai gostar deste livro que termina deixando a continuidade para o próximo volume "A Coroa".
Gostei muito desta leitura. Recomendo vivamente a leitura desta série.
Classificação de 5***** no Goodreads.

Boas leituras!

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Pedido de desculpas aos meus seguidores

O trabalho tem sido muito, para agravar estive muito doente. No entanto, nenhum destes motivos fez-me diminuir o número de leituras, mas, pois dizem que existe sempre um mas...não tenho tido muito tempo, ou quase nenhum, para vir aqui ao blog actualizar as minhas opiniões sobre os livros que tenho lido. 
Tenho uma lista infindável de livros para escrever a minha opinião, vou tentar, ir actualizando aos poucos...DESCULPEM.
Para agravar a situação fiquei sem Internet durante quase duas semanas, uffffaaaaaa não existe mal que venha sozinho.
Espero que compreendam e brevemente vou começar a actualizar as opiniões.

Boas Leituras!